Informo | O primeiro ano do governo Trump em tuítes

O primeiro ano do governo Trump em tuítes


Em 20 de janeiro, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, completa um ano no poder. Foram meses de apreensão, nos quais seus opositores temiam medidas drásticas e explosivas, enquanto seus apoiadores ansiavam por mudanças em relação à era Obama. A eleição de Trump foi um marco divisório para a política americana, mas talvez seu impacto tenha sido menor do que muitos previam — pelo menos até agora. “O país está mais dividido agora do que em qualquer outro período recente”, diz o cientista político e professor da Universidade de Wisconsin, David Canon. “Mas em termos de mudanças em políticas nacionais e internacionais, não houve tantas como se esperava”. Entre as poucas vitórias acumuladas de Trump estão a aprovação da reforma tributária e a nomeação do conservador Neil Gorsuch para a Suprema Corte. A revogação da lei do Obamacare e a construção do tão controverso muro na fronteira com o México entram para a lista de ações não concretizadas nos primeiros 365 dias do novo presidente. Talvez, a maior marca deixada por Trump até agora tenha sido sua já conhecida imprudência com as palavras. Especialmente no Twitter, o republicano não economizou na indiscrição na hora de fazer ameaças contra o líder norte-coreano Kim Jong-un e atacar a imprensa com acusações de “fake news”. O presidente definitivamente deu muito trabalho a sua equipe em 2017. E ao que tudo indica, nada deve mudar em seu segundo ano de governo. “Trump deve continuar fazendo suas declarações extremas, enquanto seus assessores tentam explicá-las e minimizá-las”, diz Canon. Para marcar o primeiro ano de Trump na Casa Branca, reunimos alguns dos mais controversos, marcantes e lembrados tuítes do presidente nos últimos 365 dias.




211 | 2018-01-12 | World | Brazil

Write by ruanxavier